Post

CEO do Starbucks diz para acionista vender ações se nao concordar com casamento gay

Questionado por um acionista sobre o impacto negativo que o apoio ao casamento gay teve nos rendimentos da Starbucks – os números não foram tão bons devido a um boicote feito por uma associação contra o matrimônio de pessoas do mesmo sexo – Howard Schultz, CEO da empresa, retornou um elegante e firme esclarecimento (vídeo abaixo):

“Oferecemos 38% de retorno aos acionistas nos últimos 12 meses. Isto posto, nao se trata de uma decisao econômica. Estamos tomando esta medida porque valorizamos as pessoas. Empregamos 200 mil pessoas e queremos incluir a diversidade, de todos os tipos. (aplausos) Com todo o respeito, se você acredita que consegue um retorno maior do que os 38% que conseguiu no ano passado, esse é um país livre. Você pode vender as suas ações da Starbucks e investir em outra empresa. Muito obrigado”.

Belo exemplo de postura e de como se defende uma imagem de marca. Nem é preciso dizer que o público foi à loucura aplaudindo o breve discurso do CEO. Vai dizer que nao é sensacional ver uma atitude dessas? Confira o tapa com luva de pelica nesse vídeo:

 

Fonte: Gawker

  • 2011 - Sala Um Comunicação Integrada